PATROCINADORES

Cármen Lúcia: “Democracia é o único caminho legítimo”

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, abriu a sessão desta quarta-feira (30) com um pronunciamento sobre “o grave momento político e econômico experimentado pelos cidadãos brasileiros”. Sem mencionar a greve dos caminhoneiros, especialmente os pedidos por intervenção militar, Cármen Lúcia afirmou que “a democracia é o único caminho legítimo” para o quadro apresentado. “Não temos saudade senão do que foi bom na vida pessoal e, em especial, histórico de nossa pátria. Regimes sem direitos são passados de que não se pode esquecer, nem de que se queira lembrar. Este Supremo Tribunal Federal, órgão de cúpula do Poder Judiciário brasileiro, contando com a responsabilidade e a atuação de cada cidadão, cumprirá o seu dever, como espera que todas as instituições públicas e particulares o façam”, disse a ministra. Leia aqui a íntegra do discurso.

Por que é importante

A ministra aproveita o momento de desgaste do governo Temer para forçar um protagonismo e colocar o Poder Judiciário como um garantidor do funcionamento da democracia no Brasil

Quem ganha

A politização do Judiciário

Quem perde

A parcela do movimento grevista que clama pela volta do regime militar

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =

Pergunte para a

Mônica.