PATROCINADORES

Congresso deve receber PL sobre desestatização da Eletrobras

O governo federal tem pressa para avançar com medidas necessárias à privatização da Eletrobras porque trabalha com a ideia de concluir o processo ainda em 2018, o que possibilitaria à União arrecadar R$ 12 bilhões com o negócio neste ano. Para apressar o andamento do tema, o governo pretendia aprovar a desestatização por meio de uma medida provisória, mas posteriormente o presidente Michel Temer (MDB) optou por um projeto de lei, para reduzir resistências de parlamentares. O PL sobre a desestatização deverá ser enviado pelo governo ao Congresso pouco antes do final do recesso parlamentar.
Leia também:
Privatização da Eletrobras não deve ser rápida

Por que é importante

A Eletrobras vai precisar de um aporte de R$ 10 bilhões para não entrar em colapso. Se a privatização não sair, o Tesouro Nacional arcará com o prejuízo

Quem ganha

A estatal. A privatização da empresa é fundamental para ela ser competitiva no mercado e rentável para os acionistas

Quem perde

Políticos que usam a estatal para indicações de afilhados partidários

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 1 =

Pergunte para a

Mônica.