Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Bolsonaro sanciona Orçamento de 2020 com fundo eleitoral de R$ 2 bilhões

Bolsonaro sanciona Orçamento de 2020 com fundo eleitoral de R$ 2 bilhões

O presidente Jair Bolsonaro sancionou sem vetos nesta sexta-feira (17) a Lei Orçamentária Anual (LOA), incluindo fundo de R$ 2 bilhões para financiamento de campanhas. O anúncio foi feito pouco antes das 23h pelo ministro da Secretaria-Geral Jorge Oliveira em sua conta no Twitter. Bolsonaro chegou a indicar que vetaria o fundo com verba pública para financiar as campanhas eleitorais após ter sido cobrado por eleitores nas redes sociais. No dia 19 de dezembro, poucas horas após indicar que barraria os recursos para os partidos políticos, Bolsonaro recuou. Mesmo sancionando a iniciativa, ele pediu aos eleitores para não votarem em candidatos que usarem recursos do fundo. Ele também prometeu que o Aliança pelo Brasil, sigla em processo de formação, não recorrerá ao montante.

Em outras pastas, o dinheiro do orçamento será destinada da seguinte forma: Ministério da Saúde R$ 135 bilhões, Ministério da Educação R$ 103 bilhões, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações R$ 11,79 bilhões, Ministério da Justiça e Segurança Pública R$ 13,9 bilhões, Ministério da Defesa R$ 73 bilhões, Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos R$ 637 milhões, Ministério do Turismo 1 bilhão, Bolsa Família R$ 30 bilhões, Ministério da Previdência R$ 677 bilhões e despesas com pessoal R$ 344 bilhões.

Envie seu comentário

dezenove − 2 =