PATROCINADORES

Bolsonaro reforça intenção de indicar evangélico para o STF

O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu mais uma vez a indicar em breve um ministro evangélico para o STF. Bolsonaro reforçou a intenção ao discursar na terça-feira (26) em um culto no templo da Assembleia de Deus de Manaus (AM).

“Pegamos o Brasil moral, ética e economicamente falido. Não sou evangélico, mas sou cristão. O meu governo lutará pela manutenção da família, porque nos governos anteriores colocavam até em livros escolares que uma família podia até ser formada por um juntamento de duas coisas. E tem duas vagas para ministro do Supremo, e um será cristão e evangélico”, disse.

Por que é importante

Bolsonaro poderá nomear um novo ministro apenas em novembro de 2020, quando Celso de Mello deixará a cadeira na Corte ao completar 75 anos

Quem ganha

A chamada bancada da bíblia, que faz parte da base de apoio do governo no Congresso

Quem perde

Nomes ligados ao ambientalismo e à defesa dos direitos humanos, que devem ser ignorados pelo presidente

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.