PATROCINADORES

Bolsonaro quer “partir para o liberalismo” caso seja eleito

O pré-candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, afirmou na quarta-feira (14) que, se eleito, deverá ter uma postura liberal na economia, mas que será preciso avaliar o papel de empresas estratégicas, se devem ser privatizadas ou não. “O caminho para o Brasil buscar uma saída na parte econômica é partir para o liberalismo”, disse em entrevista ao jornal Gazeta do Povo. Bolsonaro acrescentou que vai defender uma agenda de desburocratização e desregulamentação da economia e também propor uma “nova mexida” na CLT para estimular a geração de empregos.

Por que é importante

O discurso de Bolsonaro é visto com desconfiança pelo mercado financeiro, já que em muitas votações no Congresso, especialmente de temas econômicos, ele teve a mesmo posição do PT, do PSOL e de outros partidos de esquerda

Quem ganha

Os militares. Bolsonaro indicou que, na composição do seu ministério, um terço das pastas ficará nas mãos de pessoas vindas das Forças Armadas

Quem perde

Pré-candidatos do centro político, que podem perder apoio para o deputado

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + 15 =

Pergunte para a

Mônica.