Document
PATROCINADORES

Bolsonaro quer ensino a distância para “combater marxismo”

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) disse que, se eleito, pretende ampliar o ensino a distância no país do fundamental ao superior. Segundo a Folha de S. Paulo, o presidenciável citou dois motivos para defender a proposta. “Com o ensino a distância você ajuda a combater o marxismo. E você pode começar a fazer o ensino a distância uma vez por semana. Você ajuda a baratear o ensino no Brasil”, afirmou.

Por que é importante

Bolsonaro calibra o discurso para atrair eleitores anti-PT e contra a esquerda

Quem ganha

Os defensores do "Escola sem Partido"

Quem perde

As propostas práticas para melhorar o ensino no Brasil

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.