Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Bolsonaro pode apoiar Renan no Senado e Dallagnol na PGR, segundo Estadão

Bolsonaro pode apoiar Renan no Senado e Dallagnol na PGR, segundo Estadão

A jornalista Eliane Cantanhêde traz uma informação curiosa em sua coluna deste domingo (20), no Estadão. Segundo a colunista, o senador Renan Calheiros e o procurador Deltan Dallagnol buscam apoio do governo, mesmo que velado, para concorrer aos cargos de presidente do Senado e procurador-geral da República, respectivamente. O interessante é que a gestão Bolsonaro pode acabar compondo com dois nomes de perfis completamente distintos, e que são rivais públicos. Renan, inclusive, chegou a descrever Dallagnol como “um ser possuído” na última terça-feira (15). Caso ambos atinjam seus objetivos, os embates devem se intensificar em setembro, quando será escolhido o novo procurador-geral. A eleição no Senado vai ocorrer em fevereiro.

Por que é importante
Um eventual apoio a nomes tão diferentes mostra que o novo governo atua com um pé no pragmatismo, mas também quer agradar sua base de apoio, que prega combate firme à corrupção
Quem ganha
Renan Calheiros, que pode contar com o apoio do governo mesmo após ter feito campanha para o petista Fernando Haddad nas eleições presidenciais
Quem perde
A coerência, uma vez que Renan representa a velha política e Dallagnol se destacou no âmbito da Lava Jato

Envie seu comentário

dezesseis − 12 =