PATROCINADORES

Bolsonaro não corre risco de morte

Segundo a GloboNews, o estado de saúde de Jair Bolsonaro é grave, mas o quadro é estável e ele não corre risco imediato de morte. Bolsonaro teve lesão na artéria mesentérica, que leva sangue para o intestino, três lesões no intestino delgado e uma lesão no intestino grosso. O candidato à Presidência pelo PSL passou por cirurgia e foi encaminhado para a UTI da Santa Casa de Juiz de Fora (MG). Ele também precisou de transfusão de sangue.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

  1. “Ele também precisou de transfusão de sangue”…conferiram de quem era o sangue? Preconceituoso como é né, vai saber o que ele falaria se fosse sangue de uma das classes que ele tanto já falou criticamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 2 =

Pergunte para a

Mônica.