PATROCINADORES

Bolsonaro e Zambelli pressionaram ex-ministro através de WhatsApp

O Jornal Nacional desta sexta-feira (24) mostrou troca de mensagens de WhatsApp entre o presidente Jair Bolsonaro e a deputada federal Carla Zambelli com o ex-ministro Sergio Moro.

Nas mensagens com Bolsonaro (identificado no celular de Moro como “presidente novíssimo”, indicando que aquele seria o último número utilizado pelo mandatário), aparece um link do site “O Antagonista”, que menciona a PF “na cola” de deputados bolsonaristas. Bolsonaro comenta: “Mais um motivo para a troca”, muito provavelmente se referindo à saída de Maurício Valeixo na direção da Polícia Federal. O então ministro retruca que as diligências tinham sido determinadas não por Valeixo, mas sim pelo Ministro Alexandre Moraes, do Supremo Federal Tribunal.

Já Carla Zambelli envia mensagens nas quais pede a Moro para permanecer no cargo e insinua que ele seria premiado com uma indicação ao STF. A deputada envia mensagem dizendo: “Por favor, ministro, aceite o Ramage (Alexandre Ramagem, diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência)”. Ela continua: “E vá em setembro pro STF. Eu me comprometo a ajudar. Depois, completa: “A fazer JB prometer”.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.