Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Bolsonaro desiste de expor países que compraram madeira ilegal do Brasil

Bolsonaro desiste de expor países que compraram madeira ilegal do Brasil

O presidente Jair Bolsonaro voltou atrás na promessa feita em discurso na 12ª Cúpula do Brics de que iria revelar uma lista com nomes de países que importaram madeira extraída de forma ilegal da Amazônia. De acordo com o blog do jornalista Gerson Camarotti, no G1, nesta sexta-feira (20), o presidente foi aconselhado por auxiliares a recuar, já que a denúncia poderia isolar mais ainda o Brasil no debate ambiental internacional.

Já na live desta quinta-feira (19) Bolsonaro falou apenas em empresas estrangeiras e pediu uma colaboração internacional para combater o contrabando do produto. “A gente não vai acusar nenhum país aqui de cometer nenhum crime por ser conivente com crime. Mas empresas que poderiam estar nos ajudando a combater esse ilícito – que interessa para nós qualquer ajuda nesse sentido. A que for legal, passa. A que não for, não passará mais”, declarou. “Mas, mesmo assim, nós temos aqui os nomes das empresas que importam isso, e a que país ela pertence. A gente não acusar um país A, B ou C de estar cometendo um crime, mas empresas desse país, sim. Porque países, outros nos criticam – em algumas oportunidades, até com razão, mas em outras, não. E quando nós conseguimos chegar a um bom termo nessa questão, vai diminuir drasticamente o desmatamento no Brasil. É o que nós queremos”, acrescentou.

Envie seu comentário

11 − 1 =