Document
PATROCINADORES

BC demonstra preocupação com piora do quadro fiscal

O Banco Central (BC) endureceu nesta terça-feira (03) a mensagem sobre um possível novo corte na taxa de juros básica, a Selic, que atualmente está no seu menor percentual histórico em 2% ao ano, e demonstrou preocupação com a piora do quadro fiscal e suas implicações para a política monetária.

Na ata da reunião divulgada nesta manhã, o Comitê de Política Monetária (Copom) apontou que há pouca previsibilidade para fim da pandemia em 2021 e que, com o aumento da incerteza sobre a continuidade da atividade econômica, é necessário um maior ajuste dos gastos públicos. No documento também foi destacada a importância da agenda de reformas para uma recuperação sustentável.

Na semana anterior, quando o BC manteve a Selic no atual nível, parte do mercado ficou descontente, interpretando que apesar do órgão reconhecer a pressão inflacionária no curto prazo, havia mantido sua orientação futura para um eventual novo corte nos juros mais adiante.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.