Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Atuação de Moro pode comprometer caso de Lula?

Atuação de Moro pode comprometer caso de Lula?

O julgamento do ex-presidente Lula no caso do tríplex do Guarujá pode ser anulado se for comprovada a parcialidade do ex-juiz da operação Lava-Jato Sergio Moro na investigação. Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Posteriormente, a decisão de Moro foi confirmada no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Segundo Claudio José Pereira, doutor em Direito e professor de Direito Processual Penal na PUC- SP, a atuação de Moro e Deltan Dallagnol será questionada no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Para a defesa de Lula, Moro perdeu a imparcialidade ao antecipar decisões e orientar operações da Procuradoria.

“Identificada a suspeição, Lula e outros condenados na Lava-Jato podem ser absolvidos e processos futuros anulados”, afirma Pereira. 

Se ficar confirmado que Moro atentou contra a moralidade e a distância que um magistrado deve ter nos processos, o ex-juiz da Lava-Jato pode responder por perdas e danos, segundo Art. 49 da Lei Orgânica da Magistratura Nacional. 

Além de Lula, outros políticos também foram condenados na operação Lava-Jato, como o ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ), condenado por corrupção passiva, que cumpre pena de 15 anos e 4 meses e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, preso e condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 15 anos e 4 meses de reclusão.

Envie seu comentário