Document
PATROCINADORES

Atrás de todo grande escândalo pode haver uma ex-mulher

A ex-mulher do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, já mandou um recado ao estado-maior da CPI da Pandemia que deseja prestar um depoimento. Uma nota publicada ontem pelo colunista Lauro Jardim, de O Globo, mostra que a ex do general, Andréa Barbosa (foto), enviou um e-mail “elencando os pontos que poderia abordar” aos senadores que compõem a Comissão.

Ainda não se sabe o que ela pode dizer ou se o teor de seu depoimento pode prejudicar o ex-ministro.

Mas, se houver algo incriminador, não seria a primeira vez que ex-esposas apareceriam no meio deste tipo de situação. A lista é extensa: Nicéa e Celso Pitta, ex-prefeito de São Paulo; Denilma e Geraldo Bulhões, ex-governador de Alagoas; Vanessa Felippe e Rodrigo Bethlem, ex-deputado federal; Marinalva Soares e Manoel Moreira, ex-deputado federal; Mônica Azambuja e Henrique Alves, ex-presidente da Câmara Federal.

A relação tem até nomes internacionais: Zulema Yoma e Carlos Menem, ex-presidente da Argentina, e Susana Higuchi e Alberto Fujimori, ex-presidente do Peru.

A experiência mostra que não se pode subestimar o poder de fogo de uma ex-mulher.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.