Document
PATROCINADORES

Aras impulsiona negociações para delações premiadas

O jornal O Globo relata na edição desta segunda-feira (31) que a Procuradoria-Geral da República (PGR) já fechou dez novos acordos de delação premiada – e tem outros dez em andamento – desde o início da gestão de Augusto Aras. As colaborações devem atingir, principalmente, parlamentares do Congresso e esquemas de corrupção nos estados, incluindo o Poder Judiciário. A atuação da equipe de Aras difere do trabalho de sua antecessora, Raquel Dodge, que assinou apenas dois grandes pactos. Além disso, nenhuma das novas delações é desdobramento das investigações da força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba. Aras tem sido um crítico dos procuradores paranaenses.

Por que é importante

Segundo a publicação, os novos acordos totalizam cerca de R$ 2 bilhões a serem recuperados para os cofres públicos

Quem ganha

A atuação da PGR no combate à corrupção

Quem perde

Os possíveis alvos das delações

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.