Document
PATROCINADORES

Após 81 e-mails, Planalto e Pfizer promovem reunião

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu nesta segunda-feira (14) com a direção da Pfizer. Entre os participantes, o gerente-geral da farmacêutica para a América Latina e depoente da CPI da Pandemia, Carlos Murillo, e a presidente da empresa no Brasil, Marta Diez. Bolsonaro pediu a antecipação de 10 milhões de doses para julho. O primeiro contrato com a empresa, assinado em 19 de março, prevê 100 milhões de doses até o final de setembro, e o segundo, mais 100 milhões de doses até dezembro. O Brasil já recebeu 8,2 milhões de doses.

Há rumores da negociação de um novo contrato para mais doses em 2022. A reunião ocorre após ser revelado que o Planalto ignorou 81 e-mails da Pfizer ao longo de 2020, o que atrasou a chegada de imunizantes.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.