PATROCINADORES

Aos maiores líderes mundiais, Bolsonaro diz que sempre esteve certo

Em um pronunciamento de 42 segundos gravado para a abertura virtual da Cúpula de Líderes do G20, neste sábado (21), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil focou esforços para combater os efeitos da pandemia do novo coronavírus na economia e na saúde pública com sucesso. “Desde o início ressaltamos que era preciso cuidar da saúde e da economia, simultaneamente. O tempo vem provando que estávamos certos”, disse.

O presidente omitiu que sempre negou a gravidade da crise global, classificou a pandemia como uma “gripezinha”, defendeu tratamentos sem comprovação científica, desprezou medidas de distanciamento social, tentou brecar uma pesquisa de vacina por razões políticas e que o Brasil soma 9% dos infectados do mundo (6.020.164, até 20/11) e 12,5% das vítimas fatais (168.613, até 20/11).

“Devemos manter o firme compromisso para trabalhar pelo crescimento econômico e a liberdade de nossos povos e a prosperidade do mundo”, continuou. Ainda neste sábado (21), Bolsonaro deverá apresentar seu pronunciamento oficial.

O G20 reúne as 20 maiores economias do mundo. O encontro ocorre em formato virtual entre este sábado (21) e o domingo (22), sob o tema “Percebendo as oportunidades do século 21 para todos”. 

Na sexta-feira (20), Bolsonaro recebeu um telefonema do príncipe da Arábia Saudita, Mohammed Bin Salman, para discutir as relações entre os dois países e o trabalho no âmbito do G20. “Os dois líderes debateram as possibilidades de fomento das relações bilaterais Brasil-Arábia Saudita e coordenaram esforços para a realização da Cúpula de Líderes do G20, sediada, este ano, virtualmente, pelo Reino Saudita”, informou a Secretaria Especial de Comunicação Social.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =