Document
PATROCINADORES

Alckmin diz que evitará indicações políticas para agências reguladoras

O pré-candidato Geraldo Alckmin (PSDB) defendeu em entrevista à GloboNews a aliança com o bloco formado por DEM, PP, PR, PRB e Solidariedade e a necessidade de ter uma ampla base no Congresso. “Queremos fazer um governo reformista. Para isso precisamos aprovar Propostas de Emenda à Constituição”, disse o tucano, acrescentando que o tipo de proposta legislativa precisa de apoio de três quintos de deputados e senadores para ser aprovada. Alckmin afirmou que não vai transformar seu eventual governo em um balcão de negócios. Ele assegurou que nenhum partido pediu qualquer coisa em troca de apoio e garantiu que evitará indicações políticas para cargos de natureza técnica. “No meu governo não haverá indicação política para agência reguladora. Ponto. Os partidos que vieram me apoiar sabem o que eu penso”, completou.

Por que é importante

O acordo com o Centrão dará a Alckmin o maior tempo de TV na propaganda eleitoral

Quem ganha

O tucano. Pesquisa CNI/Ibope divulgada na quinta-feira (2) mostra que a TV segue como principal meio utilizado pelos eleitores para obter informações sobre os candidatos

Quem perde

O discurso da ética na campanha. Muitos dos partidos aliados com Alckmin estão envolvidos em denúncias de corrupção

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.