PATROCINADORES

Agressor no trabalho

Vídeo: procuradora é agredida com brutalidade por colega em SP

MONEY REPORT escolheu como Imagem da Semana um frame do repugnante vídeo em que a procuradora-geral da cidade de Registro (SP) foi agredida por um procurador depois que este se revoltou contra a abertura de um processo disciplinar contra ele. Gabriela Samadello Monteiro de Barros (imagem ao lado), de 39 anos, foi agredida pelo colega e subordinado Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos. As agressões foram filmadas por outra funcionária. Macedo desferiu uma série de socos no rosto de Barros enquanto ela estava caída. Colegas tentaram impedí-lo, mas Macedo afastou quem tentava evitar o pior.

Segundo o boletim de ocorrência, a agressão aconteceu na tarde da última segunda-feira (20). Macedo entrou na sala quando Gabriela conversava com outra funcionária que relatava que ele não estava bem, apresentando comportamento agressivo.

Após o ocorrido, a promotora de Justiça Gabriela Manssur criou um abaixo-assinado pedindo punições mais duras para este tipo de crime. “Estou cansada de notas de repúdio, é uma manifestação de instituições. Mas os crimes continuam acontecendo, as leis continuam frágeis e nenhuma medida é tomada para impedir novas situações de extrema gravidade para as mulheres”, afirmou.

O inusitado é que o agressor se apresentou à Polícia Civil, prestou depoimento, admitiu o que fez e, mesmo com o vídeo circulando pelas redes sociais e sites jornalísticos, acabou liberado. Diante de protestos, já que Macedo poderia representar um risco à vítima e demais colegas, acabou detido em prisão preventiva na manhã desta quinta-feira (23), em uma clínica em Itapecirica da Serra (SP).

Confira o momento da agressão:

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.