PATROCINADORES

A velha renovação do Senado

Reportagem do jornal O Globo, com base nas últimas pesquisas do Ibope, mostra que a nova composição do Senado deverá ser mais fragmentada e com velhos conhecidos. Se o cenário observado nos levantamentos se confirmar, a Casa terá representantes de 23 legendas – cinco a mais que a legislatura atual. Dos 32 senadores que disputam a reeleição, 24 têm chances de manter a cadeira. Conforme o jornal, MDB, PT e PSDB formarão novamente as maiores bancadas. Velhos caciques, como Renan Calheiros (MDB-AL) e Jader Barbalho (MDB-PA), deve conseguir um novo mandato. A renovação ficará por conta de nomes já conhecidos, como Eduardo Suplicy (PT-SP), Jarbas Vasconcelos (MDB-PE) e Esperidião Amin (PP-SC).

Por que é importante

A maior fragmentação no Senado deve obrigar o próximo presidente a gastar mais energia para conseguir apoio nas votações

Quem ganha

Políticos tradicionais e que buscam a reeleição

Quem perde

Novos nomes e que tentam o primeiro mandato

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − 7 =

Pergunte para a

Mônica.