PATROCINADORES

Viajar de jatinho pode ficar mais barato

Uma alteração regulatória da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) pode baratear as viagens em aeronaves executiva. A agência permitiu que empresas de táxi-aéreo possam vender assentos individuais para passageiros. Antes, só era possível o fretamento de toda a aeronave.

Um voo de jatinho entre São Paulo e Rio de Janeiro, de acordo com o tamanho da aeronave, pode ficar em R$ 40 mil – sem contar a volta. Dessa maneira, um assento individual em um voo curto, sem grandes regalias, poderia ficar por volta de R$ 5 mil ou menos. Em uma aeronave turbo-hélice, uma ponte-aérea fora dos horários mais concorridos e do aborrecimento das filas ficaria em torno de R$ 2,5 mil. Os preços são apenas sugestivos e vão depender de como as companhias de táxi-aéreo vão se adequar ao esquema de “lotação” executiva, que já era adotado de modo informal por algumas empresas.

A possibilidade de compra de assentos individuais é boa para as empresas, principalmente para os voos de volta, que costumam estar vazios, gerando custos.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − um =