PATROCINADORES

União Europeia adia análise de fusão entre Boeing e Embraer

A novela da fusão entre Boeing e Embraer ganhou mais um capítulo. Depois de prometer um veredicto para o início de janeiro, a União Europeia suspendeu novamente a análise do acordo alegando que faltam informações sobre o impacto do negócio. Os órgãos reguladores europeus já haviam adiado a análise do contrato em novembro do ano passado – e sob o mesmo argumento. A parceria foi aprovada sem restrições nos Estados Unidos e na China. No Brasil, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deverá concluir a análise em fevereiro.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.