Document
PATROCINADORES

UE acusa Amazon de prejudicar concorrência

A Comissão Europeia acusou a Amazon de prejudicar a concorrência no varejo on-line e abriu uma investigação conforme as diretrizes antitruste do bloco. A operação será chefiada por Margrethe Vestager, responsável pelo setor. O principal ponto é que a empresa vem exercendo um papel ambíguo: uma plataforma de marketplace para comerciantes menores, mas rival para os mesmos e outros players maiores. As autoridades ainda afirmaram que discordam do uso de dados não públicos para evitar “riscos normais da concorrência e alavancar seu domínio” na França e na Alemanha, os maiores mercados da Amazon na Europa – Google e Apple já responderam por processos semelhantes.

A Amazon, chefiada pelo fundador e CEO Jeff Bezos (imagem), discordou das acusações e pode solicitar uma audiência fechada para se defender. A UE pode decidir o caso ainda neste ano.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.