PATROCINADORES

Startup de patinetes elétricos Lime vai deixar o país

A Lime, startup norte-americana de patinetes elétricos, informou na quinta-feira (9) que vai encerrar as atividades no Brasil. O anúncio foi feito pouco mais de seis meses após o início das operações em São Paulo e no Rio de Janeiro. A companhia apontou que a decisão é parte da estratégia global para alcançar sustentabilidade financeira e que a empresa pretende priorizar, no momento, mercados onde a micromobilidade tem evoluído rapidamente.

Por que é importante

A regulamentação de serviços de micromobilidade, como de patinetes elétricos, tem sido um grande desafio para as cidades. São Paulo, por exemplo, aprovou regras para o uso e a exploração do aluguel

Quem ganha

As concorrentes, como Grin e Scoo

Quem perde

A mobilidade urbana, com um serviço a menos para a população

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.