Document
PATROCINADORES

Reguladores globais querem desbloquear a ‘caixa preta’ das classificações ESG

Reguladores globais deram um primeiro passo nesta segunda-feira (26) para desbloquear a “caixa preta” das classificações para questões de sustentabilidade ambiental, social e de governança corporativa (ESG), sugerindo uma supervisão formal de um setor que já canaliza trilhões de dólares para fundos de investimento.

Apesar do fluxo crescente, os avaliadores e provedores de dados ESG são desregulados, carecem de transparência, oferecem cobertura desigual e abrigam potenciais conflitos de interesse, explicou a Organização Internacional de Comissões de Valores Mobiliários (IOSCO, na sigla em inglês). Os usuários, no entanto, geralmente não realizam verificação formal das classificações. “Os usuários afirmam ter várias classificações ESG , o que causa confusão, levantando sérias questões sobre relevância, confiabilidade e greenwashing [o termo para empresas que exageram suas credenciais verdes]”, disse à Reuters a presidente da IOSCO e chefe de vigilância de valores mobiliários de Hong Kong, Ashley Alder.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.