Document
PATROCINADORES

Novo marco das ferrovias pode destravar R$ 25 bi em investimentos

Levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo mostra que o novo regime de operação para o setor ferroviário no Brasil pode destravar R$ 25 bilhões em investimentos. Discutido no Senado desde 2018, o projeto de lei permite que trechos de ferrovias sejam construídos sem a necessidade de uma concorrência.

O Estadão aponta pelo menos quatro projetos que podem ser anunciados assim que o novo marco seja aprovado: Estrada de Ferro Minas-Espírito Santo; Arco ferroviário em Minas; Estrada de Ferro do Maranhão; Ferrovia em Mato Grosso. As empresas que têm interesse nestes projetos são, respectivamente, Petrocity Portos, VLI, Grão Pará Multimodal (GPM) e Rumo.

Por que é importante

Com o "boom" das commodities, os gargalos do sistema ferroviário brasileiro ficaram evidentes; esses investimentos ajudariam a escoar parte da produção em pelo menos um dos trechos

Quem ganha

O agronegócio, o comércio e a indústria, que podem contar com mais uma opção de distribuição de mercadorias

Quem perde

Empresas de logística baseadas no modelo rodoviário que atuam nas regiões onde haverá a construção de ferrovias

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.