Document
PATROCINADORES

Na briga da aviação executiva, Catarina ganha atrativo para tirar demanda de Congonhas

O Aeroporto Catarina, terminal privado administrado pela JHSF, recebeu nesta semana o aval da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para receber voos internacionais. A novidade vem em um momento de demanda aquecida para o setor de aviação executiva. Localizado em São Roque, a 15 minutos de helicóptero e menos de uma hora de carro da capital paulista, o Catarina pode explorar uma lacuna que Congonhas só deve reparar em outubro. Mesmo com a maior movimentação do país, somente agora a Infraero passou a executar obras de reforma e adequação do aeroporto para permitir o embarque e desembarque de passageiros de jatos vindos de fora do país. Hoje, no estado de São Paulo, esse tipo de operação também é feita em Guarulhos e Viracopos. O Catarina pretende apostar no luxo, na exclusividade e na praticidade para acessar as aeronaves, já que os passageiros não precisarão se movimentar por grandes terminais.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.