PATROCINADORES

Minimercados sem vendedores modernizam varejo

Minha Quitandinha funciona 24 horas em complexos residenciais e comerciais. Rede honest market quer 180 lojas até dezembro

A experiência de uma compra autônoma rápida e segura para o consumo diário é uma prática que nasceu na pandemia e virou tendência. Exemplo dissové a startup de varejo Minha Quitandinha, fruto dessa transformação do mercado e que pretende alcançar 180 lojas em todo Brasil até o fim do ano. Para 2023, a meta é superar 400 lojas. A rede de minimercados autônomos conta com 115 franqueados e a pretensão é alcançar até dezembro um faturamento de R$ 10,5 milhões.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor teve um faturamento de R$ 188,6 bilhões nos últimos 12 meses, encerrados em março, o que representa um crescimento de 13,9% em relação ao período anterior. Ao todo, foram abertas 2.771 operações franqueadas durante os três primeiros meses do ano, alcançando um total de 173.770 unidades.

Idealizada em Balneário Camboriú (SC) em 2020 pelos sócios Guilherme Mauri, Douglas Pena e Marcelo Villares (da esquerda para direita, na imagem), a rede fica disponível 24 horas em complexos residenciais ou comerciais, com funcionamento à base do conceito de honest market. Ou seja, os consumidores compram sem a intermediação de vendedores. Para adquirir um item, basta escanear o código de barra do produto e o pagamento será debitado de forma automática no aplicativo da marca, via cartões de crédito ou débito. No portfólio, a marca apresenta uma média de 700 itens que vão desde congelados a produtos de limpeza e higiene pessoal. O produtos também são adequados ao perfil dos condomínios e complexos atendidos.

Outra aposta da rede ainda neste ano é um sistema próprio de pagamento, que vai garantir mais segurança nas operações aos consumidores e franqueados. “Será um avanço enorme em precisão de fluxo de caixa e outras métricas, além de uma experiência ainda mais agradável com uma compra 100% online”, garantiu o CRO da Minha Quitandinha, Douglas Pena.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.