Document
PATROCINADORES

Exame: Pravaler levanta R$ 176 mi para financiar educação superior

Empresa anunciou a conclusão da emissão de um FIDCs que servirá para ampliar acesso ao crédito estudantil

O Pravaler, empresa conhecida pelo crédito estudantil, anunciou nesta terça-feira, 24, ter concluído a emissão de um Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs) de 176 milhões de reais para expandir sua atuação no mercado de educação brasileiro. O valor será utilizado para ampliar a oferta de financiamento estudantil para jovens cursando a graduação no ensino superior neste segundo semestre de 2021.

Além de facilitar o acesso estudantil a crédito, os FIDCs do Pravaler vêm para aproximar a fintech da sua ambiciosa meta de atingir 1 milhão de alunos até 2025 e superar a marca de 10 bilhões de reais em financiamentos até lá. Atualmente, o número de alunos impactados pelas soluções financeiras do Pravaler desde a sua fundação, em 2001, está em torno de 170.000, enquanto os empréstimos universitários estão na ordem de 4 bilhões de reais.

Para essa nova emissão, as taxas ficarão entre 2,4% e 3,3%, com prazo máximo de 84 meses.

No início do ano, a empresa já havia emitido 180 milhões de reais em fundos semelhantes para estudantes que precisam financiar a volta aos estudos no primeiro semestre do ano.

O grande termômetro para a nova emissão é o desejo dos alunos em retomar os estudos ainda neste ano, com a flexibilização das medidas de segurança e com a pandemia um pouco mais branda. Esse desejo, porém, só poderá sair do campo das intenções caso os estudantes também tenham acessoa crédito, segundo Haroldo Carvalho, diretor financeiro do Pravaler. “O Brasil está com uma demanda reprimida de alunos que postergaram o ingresso à universidade, por conta da pandemia. O financiamento estudantil privado pode ser uma opção para quem está com recursos limitados para iniciar a faculdade, mas que não quer mais adiar este sonho”, diz.

Missão social

Também para avançar nessa agenda, a empresa emitiu, em junho, seu primeiro título social, ou social bond, para financiamento da educação, que captou cerca de 20 milhões de reais. Além de cumprir seu papel social ao ampliar o acesso à educação, o objetivo da emissão era também expandir a operação do Pravaler para além do crédito estudantil voltado à graduação, com o lançamento de um novo produto de financiamento para cursos de curta duração.

Nesse contexto, a captação de 20 milhões servirá para ampliar a oferta desse produto, atingindo mais 100.000 alunos e financiando 1 bilhão de reais, 10% da meta total da companhia para os próximos quatro anos.

_________________________________________________________________________

Por Maria Clara Dias

Publicado anteriormente em: https://cutt.ly/WWq6wC9

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.