Document
PATROCINADORES

Exame: chinesa DiDi, dona da 99, pode fazer o maior IPO da década

Aproveitando que os preços das ações estão em máximas históricas, a chinesa de apps de transporte DiDi, que aqui no Brasil é pouco conhecida, mas controla desde 2017 a 99, deve realizar o que promete ser a maior oferta pública inicial (IPO) da década.

A companhia estipulou a faixa de preço da operação entre 13 e 14 dólares por ADS e afirmou que a transação vai envolver 288 milhões de ações. No topo da faixa, a abertura de capital vai levantar 4,03 bilhões de dólares, com um valuation estimado entre 62,4 bilhões e 67,2 bilhões de dólares.

Conhecida formalmente como Xiaoju Kuaizhi Inc., a Didi foi criada em 2021 pelos sócios Cheng Wei e Jean Liu e atualmente possui mais de 493 milhões de usuários ativos espalhados por 15 países.

A companhia, que já foi rival da Uber no território asiático, partiu para uma política de ‘junte-se a eles’ com a americana ainda em 2016. Comprou a operação da Uber na China e abocanhou a fatia de usuários e motoristas cadastrados.

A oferta deve ser usada para ajudar a fazer uma expansão semelhante por outros países, o que inclui o lançamento de novos produtos e compra de outros serviços regionalizados.

E satisfeitos estão os que fizeram aportes na empresa quando ela ainda era apenas uma startup O maior deles é a japonesa de telecomunicações e internet SoftBank, com participação de 21,5% dos negócios. Outros acionistas de renome são a Uber Technologies, com 12,8% de cotas, e a Tencent Holding, que possui 6,8% de participação.

A Apple também chegou a investir 1 bilhão de dólares na Didi e possui um de seus membros no quadro de diretores, mas não é listada como uma das acionistas no pedido feito para iniciar a oferta dos papéis.

Quando a corrida por IPOs começou no ano passado, as empresas que traziam soluções para vida doméstica e home office eram a bola da vez, aproveitando o interesse dos investidores pelo digital. Com os sinais de que a covid-19 será superada, serviços que ajudarão os afoitos pelo retorno da vida normal são a nova aposta. Some junto os bons resultados da DiDi em 2021, que já registrou 837 milhões de dólares em lucros líquidos, com vendas totais que chegaram a 6,4 bilhões de dólares, o resultado é o IPO recorde de hoje.

Por André Lopes

Publicado originalmente em https://exame.com/tecnologia/chinesa-didi-dona-da-99-pode-fazer-o-maior-ipo-da-decada/

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.