PATROCINADORES

Citigroup equipara salários de homens e mulheres

O banco americano Citigroup reduzirá as desigualdades entre homens e mulheres em sua folha de pagamento. Os salários das mulheres que trabalham na Alemanha, Estados Unidos e Reino Unido serão reajustados. O que motivou a decisão foi a constatação de que os vencimentos delas são inferiores aos dos homens para as mesmas funções. No quesito cargos, a situação é pior. As mulheres representam a metade da força de trabalho, mas só ocupam um quarto dos postos executivos da instituição.

Por que é importante

A iniciativa mostra a disposição das grandes empresas em combater o preconceito de gênero. Uma instituição do porte do Citigroup pode influenciar outras corporações a seguirem o mesmo exemplo

Quem ganha

Além das funcionárias do banco, os debates em torno da presença, da remuneração e do papel das mulheres no ambiente de trabalho. O tema tem sido alvo de discussões entre intelectuais, feministas e organizações políticas como a alt-right, a direita alternativa americana que prega um novo tipo de conservadorismo

Quem perde

A misoginia, ainda bastante enraizada no ambiente corporativo

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =

Pergunte para a

Mônica.