PATROCINADORES

Cade aprova sem restrições compra de parte da Embraer pela Boeing

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou na segunda-feira (27), sem restrições, a operação de fusão envolvendo a Boeing e a Embraer. A autarquia considerou que as empresas não atuam nos mesmos mercados, por isso não há risco de problemas concorrenciais decorrentes da aquisição. A operação, avaliada em US$ 4,2 bilhões, será feita em duas etapas. Na primeira, a fabricante norte-americana irá comprar 80% do capital do negócio de aviação comercial da brasileira, que engloba a produção de aeronaves regionais e comerciais de grande porte. A segunda será a criação de uma joint venture entre as duas companhias voltada para a produção da aeronave de transporte militar KC-390. A compra da Embraer pela Boeing já havia sido aprovada por autoridades antitruste dos Estados Unidos e da China. Agora depende do aval da União Europeia para ser concretizada.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.