Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Cade aprova sem restrições compra de parte da Embraer pela Boeing

Cade aprova sem restrições compra de parte da Embraer pela Boeing

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou na segunda-feira (27), sem restrições, a operação de fusão envolvendo a Boeing e a Embraer. A autarquia considerou que as empresas não atuam nos mesmos mercados, por isso não há risco de problemas concorrenciais decorrentes da aquisição. A operação, avaliada em US$ 4,2 bilhões, será feita em duas etapas. Na primeira, a fabricante norte-americana irá comprar 80% do capital do negócio de aviação comercial da brasileira, que engloba a produção de aeronaves regionais e comerciais de grande porte. A segunda será a criação de uma joint venture entre as duas companhias voltada para a produção da aeronave de transporte militar KC-390. A compra da Embraer pela Boeing já havia sido aprovada por autoridades antitruste dos Estados Unidos e da China. Agora depende do aval da União Europeia para ser concretizada.

Envie seu comentário

3 × quatro =