PATROCINADORES

Banco Inter diz que não pretende fazer cortes durante a crise

O Banco Inter anunciou nesta quarta-feira (1) que irá manter todos os seus 1,6 mil funcionários diretos pelos próximos dois meses, mesmo com a piora do cenário econômico com a pandemia do novo coronavírus. “O compromisso com o nosso time continua sendo um valor inegociável, mesmo diante dos desafios que enfrentamos neste momento. Vamos manter os empregos diretos que geramos”, disse João Vitor Menin, CEO da instituição. Antes, outras duas companhias controladas pela família Menin (MRV e Log) já haviam aderido ao pacto de não realizar cortes por 60 dias. No varejo, a empresária Luiza Trajano, do Magazine Luiza, tem tido uma forte atuação na campanha pela manutenção dos empregos. Além da companhia, a Lojas Renner já havia informado a decisão de não demitir, por tempo indeterminado, colaboradores sem justa causa.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.