Document
PATROCINADORES

44,5% trocariam de emprego por causa de atitudes racistas, aponta pesquisa

Uma pesquisa com 245 profissionais afrobrasileiros revelou que 44,5% considerariam trocar de emprego se sofressem ou presenciassem alguma discriminação racial. A sondagem também descobriu que 17% dos entrevistados já mudaram de emprego por causa de racismo. O levantamento é do site de recrutamento Indeed, em parceria com o Instituto Guetto.

O estudo também apontou que 72% gostariam de ver negros na condução de processos de recrutamento e seleção. Para 65%, seria essencial a presença desses profissionais nas tomadas de decisão das empresas. Para 34%, deveria haver processos seletivos apenas para afrodescendentes. Um dos fatores decisivos para 57% é o nível de engajamento com as questões de inclusão e de diversidade na escolha de um emprego.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.