Document
PATROCINADORES

A inteligência artificial já está em todos os setores no Brasil, diz chairman do Digi

MONEY REPORT conversou com Cristiano Miano, sócio fundador e chairman do Grupo Digi. Expert em inteligência artificial (AI, na sigla em inglês) para o segmento B2B, ele aplica esse conceito para seus clientes em campos variados, mas sempre com um foco: aumento da eficiência. As possibilidades vão desde a instalação de um robô para atendimento telefônico ou um mero sistema de agenda – o que é barato – até o processamento de dados de consumo em grande velocidade para o varejo ou análises financeiras preditivas e prospectivas. As soluções valem tanto para um planejamento de cobrança quanto para a melhor hora para irrigar uma plantação. “Tudo isso já acontece no Brasil”, diz. Miano observa que a maioria ignora, mas os testes de vacinas tão necessários na pandemia ficaram mais eficientes com o cruzamento de dados em big data, uma tecnologia que empresas brasileiras já oferecem. E quanto ao custo? “Depende de quanto processamento você quer”.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.