Document
PATROCINADORES

Instalações solares residenciais crescem 2.000% em três anos

Com 48% de sua matriz energética vinda de fontes renováveis, contra uma médi mundial de 14%, o Brasil expande e diversifica suas bases, em especial o emprego solar residencial. De acordo com Paulo César Domingues, secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia (MME), em três anos houve um aumento de 200% na energia solar centralizada (usinas solares). Já quando se fala em energia solar distribuída (painéis em telhados), o crescimento é de 2.000%. O país já tem 10 gigawatts de capacidade instalada, o que equivale a 70% de Itaipu.

Segundo Domingues, quando se fala em eletricidade os números são ainda maiores: 85% da matriz brasileira é renovável, contra 20% da média mundial. Outra fonte de energia que vem crescendo no Brasil é a eólica. Já são mais de 700 usinas instaladas. Hoje, a energia proveniente dos ventos é responsável por 11% da matriz energética brasileira.

(Agência Brasil)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.