Document
PATROCINADORES

Exame: luvas de Michael Jackson pagarão vacinas na Guiné Equatorial

Par de luvas que pertenceu ao rei do pop foi apreendida em uma coleção particular do vice-presidente da Guiné Equatorial

O rei do pop vai ajudar (indiretamente) na campanha de vacinação contra covid-19 na Guiné Equatorial, na África Central. Um par de luvas que pertenceu ao cantor Michael Jackson foi apreendida em uma coleção particular do vice-presidente do país, Teodorin Nguema Obiang Mangue.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos avaliou nesta semana o acessório luxuoso, revestido com uma série de joias, em US$ 275.000 (cerca de R$ 1,4 milhão).

Além das luvas, veículos de luxo e joias e outros bens foram confiscados, totalizando US$ 27 milhões (cerca de R$ 143 milhões). O político é acusado de ter adquirido todos os bens com ativos ilícitos. A venda dos bens faz parte de um acordo de confisco feito em 2014 entre Obiang Mangue e os EUA.

Todos os bens apreendidos serão vendidos e parte do valor arrecadado será destinado à compra e distribuição de doses de vacina contra a covid-19 na Guiné Equatorial. O restante será destinado à compra e distribuição de remédios e suprimentos médicos.

_____________________________________________________________________________

Por Isabela Rovaroto

Publicado anteriormente em: https://cutt.ly/0EnmO1w

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.