Document
PATROCINADORES

Black & Black, a rede que une e emprega jovens pretos

Mais uma rede social surge para conectar pessoas e ideias. A brasileira Black & Black (www.blackeblack.com) nasceu para dar protagonismo e estabelecer conexões no mundo do trabalho aos jovens pretos – mas sem vetar outras etnias. A ideia nasceu em 2018, por Celso Athayde, presidente-executivo da Favela Holding, um conglomerado de empresas geralmente criadas por empreendedores que atuam em comunidades periféricas e desassistidas. Três anos depois, já aderiram à plataforma figuras representativas, como MV Bill, Hélio de La Peña, KondZilla, Lázaro Ramos e Taís Araújo (imagem à direita).

Tecnologias foram introduzidas aos poucos, mesclando recursos do Facebook, Instagram, Twitter e salas de bate-papo que também funcionam como espaço para o debate político. Lá no lançamento, Athayde afirmou o que está entregando: “A Black & Black vai dar acesso a todos os pretos que acharem que ali é um lugar onde ele possa ter visibilidade. É um público específico, fiel de quem busca mudanças”.

Gerando oportunidades

A plataforma possui um espaço para o anúncio de vagas de emprego com pegada de inclusão e apresentação ao ambiente empresarial, de acordo com os ditames dos conceitos ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança). As empresas anunciam gratuitamente, incentivando a diversidade no ambiente de trabalho e o empoderamento econômico de jovens pobres.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.