PATROCINADORES

Ambição 2030; terras arruinadas; onde elas mandam; biometano da Raízen

Boletim de MONEY REPORT sobre questões ambientais, sociais e de governança no mundo dos negócios
Empresários fechados com o Pacto Global

O evento Ambição 2030, da Rede Brasil Pacto Global da ONU mobilizou na segunda-feira (25) mais de 100 CEOs de empresas envolvidas com a sustentabilidade. O encontro do setor privado ocorreu no hotel Rosewood, no complexo Cidade Matarazzo, e teve apoio do Aya Initiative, organização que nasce de uma parceria entre o empresário Alexandre Allard e a especialista em administração pública e privada, Patrícia Ellen. A meta do grupo é combinar ativos físicos e engajar atores nacionais e internacionais para que o Brasil lidere a transformação do setor ambiental.

40% das terras aráveis do planeta estão degradadas

Os danos humanos às terras agricultáveis estão se acelerando, com até 40% agora classificados como degradados, enquanto metade da população mundial está sofrendo os impactos, mostraram dados da ONU. A capacidade do mundo de alimentar uma população crescente está sendo posta em risco. Segundo a organização, a produção sem cuidados de alimentos impede a renovação do solo. Grande parte da degradação é mais visível nos países em desenvolvimento, mas a causa raiz do consumo excessivo acontece nas economias ricas, com o aumento do consumo de carne vermelha, que afeta mais o solo que o cultivo de vegetais. Outra faceta é o fast fashion, que estimula o consumo de roupas pouco duráveis, exigindo demais das áreas usadas para o plantio de algodão, que demanda grande consumo de água para irrigação.

____________________________________

Informe Publicitário

______________________________________

Sabin completa 38 anos com força feminina

Nascido em Brasília, o Grupo Sabin completa 38 anos em maio. Fundada pelas bioquímicas Janete Vaz (à direita na imagem) e Sandra Soares Costa (à esquerda na imagem), a empresa cresceu à medida que as cidades se expandiram. “Brasília estava muito entusiasmada. Acabei de vir para cá com um diploma, encontrei um amigo, sonhamos juntos e abrimos o Sabin”, contou Janete ao Correio Braziliense. O Grupo Sabin coleciona reconhecimentos e prêmios importantes nas áreas de gestão, pesquisa técnico-científica, sustentabilidade, qualidade e inovação. As duas colaboradoras fazem parte do quadro que é ocupado em sua maioria pela força feminina, 77% dos colaboradores são mulheres e 74% dos cargos de liderança estão com elas.

______________________________________

Informe Publicitário

______________________________________________

Raízen investe R$ 300 milhões em planta de biometano

Em comunicado ao mercado divulgado na manhã deterça-feira (26), a Raízen confirmou que iniciará a construção de uma nova unidade dedicada à produção de biometano, com inauguração prevista para 2023. O anúncio era esperado desde setembro, quando a companhia firmou uma parceria com a Yara Brasil Fertilizantes envolvendo a comercialização de 20 mil metros cúbicos diários. De acordo com o documento, a planta receberá o investimento de R$ 300 milhões e ficará anexa a usina Costa Pinto, em Piracicaba (SP). No mesmo local, a sucroenergética já produz etanol de segunda geração (E2G). Esta será a primeira unidade da Raízen dedicada à produção de gás natural renovável.

______________________________________________

Consulta a povos tradicionais para projetos de mineração esquenta em MG

A regulamentação da consulta obrigatória aos povos tradicionais em processos de licenciamento ambiental se tornou o centro de um embate em Minas Gerais. Enquanto o governo estadual anuncia ter dado um passo pioneiro no país, diferentes comunidades indígenas, quilombolas, geraizeiras e veredeiras acusam a medida de limitar a autonomia sobre seus territórios. As divergências também envolvem expectativas e preocupações em torno do Projeto Bloco 8, empreendimento minerário no norte de estado cujo processo de licenciamento recebeu questionamentos em ações judiciais movidas pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Defensoria Pública da União (DPU).

______________________________________________

Os desafios da sustentabilidade são nossos conhecidos, diz CEO da Ambipar

Leon Tondowski, CEO da Ambipar, participou do MONEY TALKS durante o MONEY REPORT | Agenda de Líderes “Os 6 Embaixadores do Futuro”, quando falou sobre a crescente importância da reciclagem de resíduos como forma de minimização das emissões de gases de efeito estufa e a geração de ativos energéticos comercializáveis em escala industrial. “Os desafios são cada vez maiores, mas não são novidade para nós. O interessante é ver o engajamento cada vez maior das empresas e a relevância que a sustentabilidade ganha em todos os seus aspectos no país”, disse. Confira a entrevista exclusiva em: https://cutt.ly/FGYdE86.

______________________________________________

Decretos antiambientais de Bolsonaro são derrubados

Enquanto o Brasil lidera o ranking de desmatamento florestal em 2021, perdendo cerca de 1,5 milhão de hectares de bioma amazônico, segundo a plataforma Global Forest Watch (GFW), o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou nesta quinta-feira (28) três decretos do presidente Jair Bolsonaro (PL) sobre política ambiental. Os ministros julgaram uma ação do partido Rede Sustentabilidade. O julgamento começou em 7 de abril e foi concluído com o voto do presidente da Corte, Luiz Fux, pela derrubada das normas, acompanhando o voto da relatora, ministra Cármen Lúcia. No geral, os decretos de Bolsonaro excluem a sociedade civil de conselhos e colegiados ambientais que discutem e deliberam sobre o tema no país.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.