Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

LVMH homenageia Joseph Krug com novo complexo na Champagne

Iniciado em 2017, projeto abre as portas para o futuro da maison com oito caves independentes, 330 tanques individuais e o compromisso inabalável com a excelência

Por Celso Masson

“Levar o sonho de Joseph Krug para o futuro significa respeitar seus princípios fundamentais com as ferramentas e os recursos de hoje e de amanhã”. A frase é de Julie Cavil, cellar master da Maison Krug. Hoje controlada pelo conglomerado de luxo LVMH, a empresa fundada em 1843 por um visionário produtor de champanhe, acaba de inaugurar um novo capítulo na história da bebida. Não por acaso, o nome do fundador batiza o local que centraliza todas as atividades de vinificação, desde a recepção dos mostos até o engarrafamento.

A concepção da vinícola Joseph teve início em 2017 e se baseou no compromisso com a qualidade que caracteriza a Maison Krug desde seus primórdios. Passadas seis gerações desde que as primeiras garrafas como rótulos Krug chegaram ao mercado, o rigor envolvendo a marca beira o exagero. A LVMH contratou uma especialista em projetos de vinificação e o escritório AW2, que havia trabalhado na renovação da Casa da Família Krug, em Reims.

Feitas as escolhas dos responsáveis pelo projeto, foram dois anos de estreita relação com a equipe de vinificação da Krug. “Nossa prioridade é a excelência, criada graças à paixão de todas as pessoas que se uniram para concretizar este projeto notável”, disse Manuel Reman, presidente e CEO da Maison Krug. Segundo Reman, a construção ofereceu uma oportunidade para repensar as práticas diárias, melhorar hábitos, superar restrições e identificar todas as oportunidades de otimização.

O complexo Joseph fica em Ambonnay, onde a família Krug havia adquirido uma propriedade em 1994. Desde o sucesso do champagne Clos du Mesnil, elaborado apenas com a variedade chardonnay, havia o sonho de encontrar o local em que a outra variedade mais típica da região, a pinot noir, atingisse a plenitude. O resultado veio com é se materializou com o Clos d’Ambonnay, que dá nome a uma das mais elegantes bebidas de Champagne.   

Por estar em uma região altamente protegida, a preocupação ambiental foi uma prioridade para o projeto Joseph. Para garantir a sustentabilidade de todas as ações empreendidas, a obra foi cercada de cuidados especiais para mitigar ruídos e perturbações visuais, preservando a calma dos arredores e do ecossistema. Mais que garantir o futuro da Maison Krug, o projeto Joseph indica a direção que os produtores de champanhe devem seguir.

O que MR publicou

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.