Document
PATROCINADORES

Veto argentino à exportação de carne é oportunidade para o Brasil

A Argentina vetou suas exportações de carne bovina pelos próximos 30 dias para segurar a inflação, que pode bater 50% em 2021. A decisão da Casa Rosada é um novo percalço para o comércio mundial da proteína, que desde o início da pandemia lidou com o fechamento de abatedouros e desabastecimento. Os argentinos são responsáveis por 22% das vendas à China, só ficando atrás dos brasileiros, que podem sair beneficiados com novos contratos.

Maior exportador de carne bovina do mundo, o Brasil pode até sustentar os preços internacionais com novos embarques até a primeira quinzena de junho, aumentando os ganhos de frigoríficos nacionais, principalmente da JBS. Na primeira quinzena de maio, os preços para exportação já estavam 11% acima dos praticados no mesmo período do ano passado.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.