Document
PATROCINADORES

Vendas nos supermercados paulistas perdem fôlego nos primeiros meses de 2021

Um levantamento da Associação Paulista de Supermercados apontou que o faturamento real dos estabelecimentos no estado (dessazonalizado pelo IPCA/IBGE) caiu 6,83% entre janeiro a abril de 2021 na comparação com o mesmo período de 2020. Segundo a entidade, dois fatores influenciaram o desempenho. O primeiro deles foi a base de comparação elevada, com um salto nas vendas um ano antes, em razão dos primeiros efeitos da pandemia. “O setor supermercadista foi muito exigido por parte da população que temia um desabastecimento e correu para as lojas com intuito de estocar itens de primeira necessidade”. Agora, a pressão inflacionária, “que afetou o poder de compra da população”, tem puxado para abaixo os negócios. Apesar das incertezas nos primeiros meses do ano, a associação aposta em uma melhora do cenário. A expectativa é que o setor encerre 2021 com uma alta real de 4% contra 2020.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.