Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Varejo paulistano avançou 1,9% em novembro

Black Friday, reajuste no salário mínimo e antecipação do décimo terceiro salário contribuiram para o aquecimento da atividade econômica

As vendas do varejo na cidade de São Paulo apresentaram, em novembro, um crescimento de 1,9% em relação ao mesmo mês do ano passado, conforme indicam os dados do Balanço de Vendas divulgado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) nesta quinta-feira (7). No acumulado do ano, a expansão das vendas alcançou a 0,5%. Este indicador, compilado pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal (IEGV) com base na amostra da Boa Vista Serviços, revela um panorama positivo para o setor.

Em comparação com novembro de 2019, houve um aumento de 4,9%. Isso indica uma possível recuperação das perdas do setor varejista causadas pelo isolamento social decorrente do período pandêmico.

O economista da ACSP, Ulisses Ruiz de Gamboa, destacou que esses resultados refletem os efeitos positivos do avanço na ocupação e do aumento da renda, induzido pelo maior emprego e pelos auxílios governamentais, além da redução dos juros e do aumento na confiança do consumidor.

 “A Black Friday, que impulsionou as vendas, e as intervenções do governo, tais como o aumento da Bolsa Família, reajustes no salário mínimo, aumento salarial para os servidores e até mesmo a antecipação do décimo terceiro salário, são elementos adicionais que contribuíram para estimular ainda mais a atividade econômica no período analisado”, completa Gamboa.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.