Document
PATROCINADORES

Valor da produção agrícola de 2020 cresceu 30% e bateu recorde: R$ 470 bi

Se 2021 preocupa, com a previsão de perda na safra de grãos por causa de frio e estiagem, os produtores agrícolas podem ainda contar com os excelentes resultados de 2020, quando foi obtida uma alta recorde no valor da produção, superando em 30,4% a do ano anterior. Um recorde que atingiu R$ 470,5 bilhões. As causas vêm de diversos fatores felizes, como preços elevados, câmbio favorável, forte demanda por commodities no mercado externo e boas condições climáticas. A situação está descrita na pesquisa Produção Agrícola Municipal 2020 (PAM 2000), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (22). O recorde é nominal (sem considerar a inflação) na série histórica do IBGE, que reúne dados a partir de 1974.

O resultado de 2020 consolida um período de sucessivas elevações no valor da produção. De 2011 até o ano passado, o indicador caiu apenas em 2017, segundo o instituto. Entre os itens que mais sofreram com a variação dos preços estão arroz, óleo de soja, carne bovina, leite e aves. A soja permaneceu como a principal cultura brasileira. Em 2020, o valor de produção do grão cresceu 35%, atingindo R$ 169,1 bilhões. O item respondeu por 35,9% do total gerado pelo setor agrícola brasileiro.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.