PATROCINADORES

Troféu “Jabuticaba da Semana”

A série “Jabuticaba da Semana”, criada por MONEY REPORT para apresentar situações esdrúxulas só encontradas em um país como o Brasil, destaca o absurdo caso da empresa que está sendo processada por aumentar a produção. Isso mesmo: o Ministério Público do Trabalho (MPT) quer que a Honda pague R$ 66 milhões por danos morais coletivos.

O argumento dos procuradores é que a montadora impôs aos funcionários um “ritmo frenético” na linha de montagem em Campinas (SP), o que, segundo o MPT, configuraria assédio organizacional.

“Uma prática que institui a pressão contínua por resultados e delega toda a responsabilidade do desempenho na linha de produção ao trabalhador”, destaca a nota do órgão.

Em um momento em que se discute a melhoria no ambiente de negócios, especialmente em relação à segurança jurídica, a ação do MPT serve para desestimular os investimentos. Além disso, no cenário em que a indústria busca uma retomada mais consistente, o fato compromete a abertura de novos postos de trabalho.

Por isso, a conduta dos procuradores recebeu uma série de críticas, incluindo do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

“Pelo jeito, a Justiça do Trabalho quer acabar com os empregos”, publicou Maia no Twitter.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.