Document
PATROCINADORES

STF deixa sindicatos de fora dos acordos individuais

Com sete votos a favor, o Supremo tribunal Federal decidiu, nesta sexta feira, que empresas podem estabelecer acordos individuais de redução de salário e diminuição de jornadas de trabalho diretamente com os funcionários, sem a interferência de sindicatos.

O plenário do STF, assim, reconhece a validade da medida provisória emitida pelo governo e derruba a liminar do ministro Ricardo Lewandoswsi, que dava poderes às associações de trabalhadores para derrubar acertos ocorridos entre patrões e empregados.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.