Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Setor de serviços recua 0,9% em maio, aponta IBGE

Setor de serviços recua 0,9% em maio, aponta IBGE

Pelo quarto mês consecutivo é registrado um recuo no desempenho do setor de prestação de serviços, aponta a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta sexta-feira (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em maio, a queda foi de 0,9%, em relação a abril. Na comparação com o mesmo mês de 2019, o recuo foi de 19,5%. No acumulado de 2020, a retração é de 7,6%, sendo de 2,7% nos últimos 12 meses. As causas estão na crise gerada pela pandemia e as medidas de isolamento social.

A queda de maio foi puxada por três das cinco atividades pesquisadas: serviços de informação e comunicação (-2,5%), serviços profissionais, administrativos e complementares (-3,6%) e outros serviços (-4,6%). No comprativo com abril, houve crescimento nos serviços auxiliares aos transportes e correio (4,6%) e serviços prestados às famílias (14,9%).

O IBGE registra também que a receita nominal do setor caiu 0,7% em relação a abril, 18,8% na comparação com maio do ano passado, 6% no acumulado do ano e 0,1% no acumulado de 12 meses.

“Os setores ligados às partes de alojamento e alimentação e transporte foram os que tiveram as perdas mais importantes em abril. Em maio, mostraram uma certa recuperação, mas não o suficiente”, afirma o pesquisador do IBGE Rodrigo Lobo.


Envie seu comentário

1 × cinco =