Document
PATROCINADORES

Queda do diesel tira R$ 1 bi para conservação de rodovias

O governo do presidente Michel Temer (MDB) cedeu às pressões dos caminhoneiros e aceitou bancar a redução do preço do litro do diesel em R$ 0,46. Para atender aos grevistas e não comprometer o equilíbrio fiscal, a equipe econômica precisou fazer cortes em áreas como saúde, educação e programas sociais. A medida também afetará os investimentos no setor de transportes. Segundo levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo, a redução no preço do diesel deve tirar R$ 1 bilhão de obras em rodovias.

Por que é importante

O corte ameaça 40 obras do programa de transporte terrestre do Ministério dos Transportes. Além disso, a eliminação da tributação da Cide, segundo a Folha, retira investimentos para conservação de rodovias estaduais

Quem ganha

Caminhoneiros e transportadoras, que foram os grandes vencedores da paralisação

Quem perde

A população em geral, que já enfrenta condições ruins nas estradas do país

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.