PATROCINADORES

Privatizações devem ganhar força após Previdência ser aprovada

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira (22) que o governo pretende acelerar as privatizações depois que a reforma da Previdência for aprovada no Congresso. Em evento do jornal Correio Braziliense, Guedes adiantou que os recursos levantados com as concessões serão utilizados para o abatimento da dívida pública. A meta, segundo o ministro, é gerar US$ 20 bilhões em receitas com as desestatizações em 2019, sendo que o governo já arrecadou mais de US$ 11 bilhões nos primeiros meses do ano.

“Por enquanto não tem peixe grande, só coisinha pequena aqui, concessões ali. Daqui a pouco vão entrar os grandes, nós vamos começar os grandes também. Está tudo sendo preparado. Com as privatizações, vamos travar essa despesa (com juros da dívida), que para o Brasil é uma vergonha”, afirmou.

Por que é importante

As privatizações devem elevar a entrada de investimentos no país, especialmente em infraestrutura

Quem ganha

Os cofres públicos. Além de cobrir o rombo da dívida pública, os recursos podem ser investidores em áreas como saúde, educação e segurança

Quem perde

Políticos com influência nas estatais que serão vendidas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + dez =

Pergunte para a

Mônica.