Document
PATROCINADORES

Prévia da inflação vai a 6,17% em 12 meses, mostra IBGE

O IBGE divulgou nesta terça-feira (27) que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que mede a prévia da inflação oficial do país, ficou em 0,60% em abril, abaixo da taxa registrada em março (0,93%). O IPCA-15 agora acumula alta de 2,82% no ano e um avanço de 6,17% em 12 meses, acima dos 5,52% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em abril de 2020, a taxa foi de -0,01%.

Na passagem de março para abril, com alta de 1,76%, os transportes foram a principal influência no índice (0,36 p.p.), ainda que com uma desaceleração em relação ao resultado de março, que teve uma variação de 3,79% contra fevereiro. A gasolina (5,49%) permaneceu como o produto com o maior impacto na composição da prévia da inflação (0,30 p.p.), mesmo com uma oscilção menor do que o mês anterior (11,18%).

Os alimentos tiveram um avanço de 0,36%, superior à alta de março. A alimentação no domicílio passou de queda de 0,03% em março para 0,19% em abril. E o café da manhã ficou mais caro com o encarecimento do pão francês (1,73%) e do leite longa vida (1,75%), cujos preços haviam recuado no mês anterior (-0,11% e -4,50%, respectivamente). As carnes permanecem em alta (0,61%), embora com expansão menor do que a de março (1,72%).

O único grupo em queda foi comunicação (-0,04%), enquanto educação ficou estável (0,00%). Confira o quadro completo:

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.