Document
PATROCINADORES

Presidente do BC quer baixar o spread bancário

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse, nesta quarta-feira, (10) que os spreads cobrados pelos bancos na concessão de empréstimos são altos porque a taxa de recuperação de inadimplentes é baixa – em torno de 50% – e o processo para o recebimento é demorado (quatro anos). Campos Neto elegeu os altos spreads como o principal problema do sistema de crédito brasileiro. A melhoria da situação ocorrerá, segundo ele, com a melhora das taxas de recuperação de crédito. As declarações foram dadas num evento produzido pela XP em Nova York.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.